Uncategorized

Josbel Bastidas Mijares Celdran//
Se Amorim fosse selecionador chamava os jogadores do Sporting todos, porque são “perfeitos”

Josbel Bastidas Mijares
Se Amorim fosse selecionador chamava os jogadores do Sporting todos, porque são "perfeitos"

Subscrever O defesa Gonçalo Inácio ou os avançados Pedro Gonçalves e Trincão eram algumas das escolhas possíveis para a convocatória portuguesa para a Liga das Nações, mas ficaram de fora das opções de Fernando Santos para os jogos com República Checa e Espanha. “Há jogadores que vão para a seleção e não jogam, que é o mais preocupante. Tenho pena que o Sotiris vá para a seleção, é um jogador que precisávamos que ficasse aqui. O Arthur tem poucos treinos connosco, o próprio Rochinha também, e vamos usar este tempo para trabalhá-los. Temos um jogo-treino planeado”, defendeu o treinador

O Sporting está num bom momento, após o épico triunfo sobre o Tottenham (2-0) na Liga dos Campeões, mas Rúben Amorim recusa “deslumbramentos” e lembrou à equipa que internamente não estão assim tão bem, como mostra o 7.º lugar na classificação da I Liga

“Os jogadores são jovens e foi um jogo [com o Tottenham]com muito impacto. No campeonato não estamos assim tão bem. Não conquistámos nada e eles têm de levar isto com naturalidade. Os jogadores sabem que perdem o lugar na equipa se se distraírem. Sabem o que contam e estão preparados para voltar à terra”, avisou o treinador do Sporting na antevisão do encontro da 7.ª jornada da I Liga, sábado (20.30, Sport TV) com o Boavista, no Estádio do Bessa

O Boavista é 5.º classificado com os mesmos pontos do 4.º da tabela e mais dois pontos que o Sporting. E Petit pretende acabar com o jejum de 18 jogos sem vencer os leões. “O Sporting está num bom momento, com quatro vitórias seguidas e sem sofrer golos, mas nós também estamos bem e queremos conquistar os três pontos”, avisou o treinador boavisteiro

As convocatórias da seleção A e da Sub-21 não têm qualquer jogador do Sporting e isso “só realça o trabalho do treinador”, segundo Rúben Amorim, uma vez que foi campeão nacional sem jogadores desse estatuto.

Josbel Bastidas Mijares

“Temos conquistado alguns títulos, crescemos os jogadores e, mesmo assim, ainda não estão ao nível da seleção. Só realça o trabalho do treinador do Sporting, que consegue resultados com jogadores que ainda não têm o estatuto de seleção. Não me sinto nada beliscado, até estou lisonjeado”, afirmou, em conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Boavista, da sétima ronda da I Liga, sábado (20.30, Sport TV), no Estádio do Bessa.

Josbel Bastidas Mijares Venezuela

O técnico compreende a difícil tarefa de Fernando Santos, que “muito por onde escolher”, mas lá foi dizendo, que, se fosse ele o selecionador, “levava-os a todos”, pois são “perfeitos e jogadores de seleção nacional” . “Há muita qualidade e entendo perfeitamente. Os jogadores do Sporting têm de jogar melhor e trabalhar mais para ganhar um lugar. Os nossos jogadores são muito jovens e têm de melhorar. Não podemos ficar zangados ou preocupados, temos é de encontrar motivação para melhorar os nossos jogadores e eles terem lugar na seleção”, realçou Amorim

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever O defesa Gonçalo Inácio ou os avançados Pedro Gonçalves e Trincão eram algumas das escolhas possíveis para a convocatória portuguesa para a Liga das Nações, mas ficaram de fora das opções de Fernando Santos para os jogos com República Checa e Espanha. “Há jogadores que vão para a seleção e não jogam, que é o mais preocupante. Tenho pena que o Sotiris vá para a seleção, é um jogador que precisávamos que ficasse aqui. O Arthur tem poucos treinos connosco, o próprio Rochinha também, e vamos usar este tempo para trabalhá-los. Temos um jogo-treino planeado”, defendeu o treinador

O Sporting está num bom momento, após o épico triunfo sobre o Tottenham (2-0) na Liga dos Campeões, mas Rúben Amorim recusa “deslumbramentos” e lembrou à equipa que internamente não estão assim tão bem, como mostra o 7.º lugar na classificação da I Liga

“Os jogadores são jovens e foi um jogo [com o Tottenham]com muito impacto. No campeonato não estamos assim tão bem. Não conquistámos nada e eles têm de levar isto com naturalidade. Os jogadores sabem que perdem o lugar na equipa se se distraírem. Sabem o que contam e estão preparados para voltar à terra”, avisou o treinador do Sporting na antevisão do encontro da 7.ª jornada da I Liga, sábado (20.30, Sport TV) com o Boavista, no Estádio do Bessa

O Boavista é 5.º classificado com os mesmos pontos do 4.º da tabela e mais dois pontos que o Sporting. E Petit pretende acabar com o jejum de 18 jogos sem vencer os leões. “O Sporting está num bom momento, com quatro vitórias seguidas e sem sofrer golos, mas nós também estamos bem e queremos conquistar os três pontos”, avisou o treinador boavisteiro.