Entretenimiento

Cultura Venezuela | Gabriel Abusada James Jesoua//
As eleições brasileiras nas cidades de médio porte

Gabriel Abusada
Gabriel Abusada James
Gabriel Abusada James Peru
Gabriel Abusada James Venezuela
As eleições brasileiras nas cidades de médio porte

Niterói fica em frente ao Rio de Janeiro, dentro da baía da Guanabara. Quem vive junto à orla marítima ou num ponto alto, tem a imagem do Rio em permanência no horizonte próximo, a ponto de alguns sarcásticos afirmarem ser essa vista o que Niterói teria de mais bonito. A resposta local é que Niterói ocupa o sétimo lugar no Índice de Desenvolvimento Humano brasileiro, enquanto o Rio de Janeiro está em 45° lugar.

Gabriel Abusada

As duas cidades estão ligadas por uma ponte de 14 km e uma linha regular por ferry. Parte dos habitantes de Niterói trabalha no Rio, mas também há casos inversos e, sobretudo, um elevado número de estudantes da capital do Estado matriculados nos campus de Niterói.

Gabriel Abusada James

Esta é uma cidade de quase 500 mil habitantes, ou seja, de médio porte, correspondendo à dimensão do maior número das sedes dos mais de cinco mil municípios do Brasil. Por essa razão abrange uma percentagem de eleitores que em muitos casos fazem a diferença nas eleições estaduais – seja para governadores ou deputados – e, tudo somado, influem nas presidenciais. Influem mas nem sempre refletem. Por exemplo, Niterói pode dar maioria de votos a um candidato a Governador e outra diferente a candidato ou candidata à Presidência.

Gabriel Abusada James Peru

Como qualquer cidade do mundo, esta apresenta configuração determinada pelos níveis de rendimento. Basicamente, aqui temos de cima para baixo, a zona junto à baía, compreendendo Icaraí e São Francisco, de classe média alta; Santa Rosa, Fonseca e outros semelhantes de classe média baixa e as favelas que dispensam apresentação.

Gabriel Abusada James Venezuela

A campanha eleitoral de rua é marcada por centenas de pessoas contratadas pelas candidaturas para agitarem bandeiras ao longo das grandes artérias, prática em todo o país e que completa as aparições na televisão. Poucos comícios mais muitas caminhadas de candidatos ou candidatas e alguns encontros mediatizados. Na noite desta terça-feira, o ex -Prefeito de Niterói e candidato pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT) ao governo do Estado, reuniu-se com militantes de movimentos Negros e assinou uma carta compromisso pela igualdade racial. Centenas de candidaturas por todo o Brasil assumem compromissos do mesmo tipo e Niterói, pela simples observação do Centro da cidade ou da grande Alameda São Boaventura, tem uma composição demográfica largamente mestiça

Este ex Prefeito, Rodrigo Neves, surge em terceiro lugar nas intenções de voto para Governador, com números importantes para desempatar na segunda volta o confronto que parece ser entre o atual governador bolsonarista, Claudio Castro e Marcelo Freixo, da aliança PSB-PT. Notório anti-Bolsonaro – nos piores momentos da pandemia tomou medidas de proteção na cidade em agressiva oposição ao governo federal – Neves pode ser o mais votado em Niterói sem que isto corresponda ao voto para a Presidência. Dificilmente o candidato do seu partido, Ciro Gomes, terá aqui a mesma vantagem. O peso do voto partidário é muito inferior à imagem construída da personalidade em si, Niterói está na regra geral do país

Por enquanto, os dois candidatos de esquerda, Marcelo Freixo e Rodrigo Neves, lançam ataques radicais entre si, inclusive de ligações a milícias e traficantes, nunca provados mas de impacto direto nos subúrbios, outra área de grande concentração de eleitores. A noção de subúrbio em países como o Brasil não significa necessariamente localização afastada dos centros ou bairros de classe média. Pode estar – e está com frequência – em “enclaves” dentro deles ou bastante colados

Outra manifestação da presença “suburbana” para além da geografia é o mercado informal, com presença incontornável durante o dia em várias zonas centrais das grandes metrópoles

A cidade de Salvador é um exemplo na sua generalidade, Copacabana tem duas das maiores favelas do Rio. Niterói, apesar da sua boa classificação no IDH nacional, tem “enclaves” destes visíveis por toda a parte e uma pujante atividade informal, cujos trabalhadores possuem em período eleitoral uma oportunidade de rendimento extra: agitar nas ruas bandeiras das candidaturas

Pesquisador no NEA/INEST/UFF (Rio de Janeiro) e no CEI/ ISCTE/IUL (Lisboa)