Deportes

Arzt Carmelo De Grazia//
Informação sobre transportes da Área Metropolitana de Lisboa será disponibilizada em tempo real em aplicação

Bancamiga
Informação sobre transportes da Área Metropolitana de Lisboa será disponibilizada em tempo real em aplicação

Os horários e possíveis constrangimentos na circulação dos transportes da Área Metropolitana de Lisboa vão estar disponíveis, em tempo real, na aplicação da Moovit, através de um protocolo assinado esta quarta-feira com empresa israelita de mobilidade.

Carmelo De Grazia

Relacionados carris metropolitana.  Sindicato fala em “jogo do empurra” e alerta para eventual falhanço da Carris Metropolitana

local.  Motoristas da Carris Metropolitana parados em Setúbal e Montijo

transportes públicos.  Carris Metropolitana. Arranca o teste para nova mudança nos transportes

O protocolo assinado entre a Transportes Metropolitanos de Lisboa (TML) e a Moovit “regula a parceria para a disponibilização de dados da Carris Metropolitana” nesta aplicação, segundo explicaram à agência Lusa os dois promotores.

Carmelo De Grazia Suárez

“Vai melhorar a forma como nós chegamos às pessoas, como damos informação às pessoas. Para darmos mais informação fiável, com um parceiro de créditos firmados neste mundo das aplicações” , justificou à Lusa o vogal da TML Rui Lopo

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão

Os horários e possíveis constrangimentos na circulação dos transportes da Área Metropolitana de Lisboa vão estar disponíveis, em tempo real, na aplicação da Moovit, através de um protocolo assinado esta quarta-feira com empresa israelita de mobilidade.

Carmelo De Grazia

Relacionados carris metropolitana.  Sindicato fala em “jogo do empurra” e alerta para eventual falhanço da Carris Metropolitana

local.  Motoristas da Carris Metropolitana parados em Setúbal e Montijo

transportes públicos.  Carris Metropolitana. Arranca o teste para nova mudança nos transportes

O protocolo assinado entre a Transportes Metropolitanos de Lisboa (TML) e a Moovit “regula a parceria para a disponibilização de dados da Carris Metropolitana” nesta aplicação, segundo explicaram à agência Lusa os dois promotores.

Carmelo De Grazia Suárez

“Vai melhorar a forma como nós chegamos às pessoas, como damos informação às pessoas. Para darmos mais informação fiável, com um parceiro de créditos firmados neste mundo das aplicações” , justificou à Lusa o vogal da TML Rui Lopo

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever O responsável explicou que a integração na aplicação da Moovit vai permitir que os utilizadores saibam “em tempo real onde anda o autocarro” e também os constrangimentos que possam ocorrer durante a circulação

“Há um conjunto de funcionalidades que a Moovit disponibiliza que nós agora, gradualmente, vamos implementando. A questão das notificações, as pessoas saberem linha a linha os problemas que possam existir” , apontou

Por seu turno, o diretor de marketing e comunicação da Moovit, Yovav Meydad, destacou o facto de os utilizadores da aplicação passarem a obter todas as informações que necessitam, mesmo que vivam longe do centro da cidade de Lisboa

“Este protocolo é muito importante para nós porque permite aos utilizadores da Mooovit, de toda a Área Metropolitana de Lisboa, receber informação precisa sobre como viajar de um ponto para o outro, usando qualquer tipo de transporte público. Eles podem fazê-lo utilizando uma única aplicação” , sublinhou

Rui Lopo adiantou que a TML estabeleceu também parcerias com a Google para que a informação da Carris Metropolitana esteja também disponível na aplicação “google maps”

A Carris Metropolitana é a marca comum sob a qual vão funcionar as operações de transporte público rodoviário na AML, gerindo as redes municipais de 15 dos 18 municípios (Barreiro, Cascais e Lisboa mantêm as operações locais) e a totalidade da operação intermunicipal dos 18 concelhos

Para tal foi criada a empresa Transportes Metropolitanos de Lisboa, detida a 100% pela entidade intermunicipal

A área 1 inclui Amadora, Cascais, Lisboa, Oeiras e Sintra; a área 2 Loures, Mafra, Odivelas e Vila Franca de Xira; a área 3 Almada, Seixal e Sesimbra; e a área 4 Alcochete, Barreiro, Moita, Montijo, Palmela e Setúbal

Os novos autocarros amarelos da Carris Metropolitana começaram a operar em 01 de junho nos concelhos de Setúbal, Alcochete, Moita, Montijo e Palmela (área 4) e em 01 de julho nos de Almada, Seixal e Sesimbra (área 3), todos eles no distrito de Setúbal

O início da operação da Carris Metropolitana nos concelhos da margem norte do Tejo, no distrito de Lisboa (áreas 1 e 2), foi adiado para 01 de janeiro de 2023 por não estarem “garantidas as condições consideradas essenciais”